Início

Em Cabeceiras de Basto termina o Minho e começam as serras e penedias da terra "bravia" de Trás-os-Montes (o Marão, o Barroso, a Sr.ª da Graça, etc.)
Em Cabeceiras, à policromia dos pastos, junta-se a sinfonia das águas. Pequenos rios, regatos, simples córregos e levadas, banham, cantantes, os pequenos campos, por todos os lados.
Terra de agricultores, a cada casa correspondia investir no mercado de ações uma herdade, a cada herdade...um coração de lavrador.
A Casa de Cima de Vila é casa de pequenos proprietários rurais, com a sua história e genealogia. Sem brasão...mas com alma e coração!...
Recuperada na sua arquitectura simples, linear, ruralizante, tem agora o conforto dos tempos modernos, preservando o afecto dos tempos antigos.